Chuva de Outono!


Luzes ao céu gritam por atenção;
Relâmpagos atravessam os ares;
Estrondos e sons contínuos;
Quase sem fim.
Gotas caem espaçadas;
Num tremular de batuques;
Envolvem minh’alma;
Agradecida pelo dia.
Tarde solene e encantada;
O sol meio tímido;
O outono é o período;
Gratidão e amor!

Hairon Herbert de Freitas
19/05/2019