TEXTO DE DIVALDO FRANCO SOBRE O CLAMOR POLÍTICO DOS BRASILEIROS

Segue texto de autoria de Divaldo Franco publicado no Jornal A Tarde de hoje, 20/06/13, sobre as manifestações estudantis pelo Brasil.”Quando as injustiças sociais atingem o clímax e a indiferença dos governantes pelo povo que estorcega nas amarras das necessidades diárias, sob o açodar dos conflitos íntimos e do sofrimento que se generaliza, nas culturas democráticas, as massas correm às ruas e às praças das cidades para apresentar o seu clamor, para exigir respeito, para que sejam cumpridas as promessas eleitoreiras que lhe foram feitas…

Já não é mais possível amordaçar as pessoas, oprimindo-as e ameaçando-as com os instrumentos da agressividade policial e da indiferença pelas suas dores.

O ser humano da atualidade encontra-se inquieto em toda parte, recorrendo ao direito de ser respeitado e de ter ensejo de viver com o mínimo de dignidade.

Não há mais lugar na cultura moderna, para o absurdo de governos arbitrários, nem da aplicação dos recursos que são arrancados do povo para extravagâncias disfarçadas de necessárias, enquanto a educação, a saúde, o trabalho são escassos ou colocados em plano inferior.

A utilização de estatísticas falsas, adaptadas aos interesses dos administradores, não consegue aplacar a fome, iluminar a ignorância, auxiliar na libertação das doenças, ampliar o leque de trabalho digno em vez do assistencialismo que mascara os sofrimentos e abre espaço para o clamor que hoje explode no País e em diversas cidades do mundo.

É lamentável, porém, que pessoas inescrupulosas, arruaceiras, que vivem a soldo da anarquia e do desrespeito, aproveitem-se desses nobres movimentos e os transformem em festival de destruição.

Que, para esses inconsequentes, sejam aplicadas as corrigendas previstas pelas leis, mas que se preservem os direitos do cidadão para reclamar justiça e apoio nas suas reivindicações.

O povo, quando clama em sofrimento, não silencia sua voz, senão quando atendidas as suas justas reivindicações. Nesse sentido, cabe aos jovens, os cidadãos do futuro, a iniciativa de invectivar contra as infames condutas… porém, em ordem e em paz.”

* Divaldo Franco escreve às quintas-feiras, quinzenalmente.

994160_449720408457538_286865394_n
Anúncios

Viver é correr riscos

Rir é correr risco de parecer tolo.

Chorar é correr o risco de parecer sentimental.
Estender a mão é correr o risco de se envolver.

Expor seus sentimentos é correr o risco
de mostrar seu verdadeiro eu.

Defender seus sonhos e idéias diante da multidão
é correr o risco de perder as pessoas.

Amar é correr o risco de não ser correspondido.
Viver é correr o risco de morrer.

Confiar é correr o risco de se decepcionar.
Tentar é correr o risco de fracassar.

Mas os riscos devem ser corridos,
porque o maior perigo é não arriscar nada.

Há pessoas que não correm nenhum risco,
não fazem nada, não têm nada e não são nada.

Elas podem até evitar sofrimentos e desilusões,
mas elas não conseguem nada, não sentem nada,
não mudam, não crescem, não amam, não vivem.

Acorrentadas por suas atitudes, elas viram
escravas, privam-se de sua liberdade.

Somente a pessoa que corre riscos é livre!

Seneca.

(Estátua de Seneca em Roma)

personalidades-filosofos-italia-seneca-estatua-em-roma

O Brasil está mudando.

O Brasil está mudando, o povo está dando o seu recado da forma mais respeitosa e inteligente que se pode conceber. O que acontece de ruim são alguns aproveitadores que infiltram e tentam macular o progresso social em nosso país.
O mundo inteiro está ouvindo o que o brasil está dizendo, eles não assistem somente as seleções, eles preocupam muito com o Brasil que interage com eles.
Não há mais volta, este movimento ficará na história de um povo que não aguenta mais as corrupções e o descaso do governo para com um povo sem educação, sem saúde e sem o que comer.
A oportunidade da mudança se dá com esta juventude que enxerga com indignação o caminho que o famoso “jeitinho” tomou e insistem nesta mudança pra já.
Parabéns povo brasileiro por ter suportado o ônus arbitrário, imputado a esta nação tão acolhedora e disposta.

Hairon H. de Freitas

big_noticia_104

BRASILEIRA RETRATA NO EXTERIOR A REALIDADE DO BRASIL

DEU NO BLOG: http://www.carpediemluciana.com/2013/06/brasileira-retrata-no-exterior.html

O vídeo abaixo foi feito por uma brasileira que vive nos EUA e retrata a realidade brasileira que, em outros tempos, ficaria oculta dos países estrangeiros. É muito interessante ver a hipocrisia dos discursos contrastando com a realidade das imagens do que verdadeiramente vem acontecendo por aqui.
E vale ressaltar que não é de agora que tudo isso (corrupção, alta carga tributária, serviços essenciais precários, etc.) acontece. Há anos sofremos com os desmandos dos governos; com a carência e precariedade dos serviços públicos, apesar do alto volume de dinheiro que entra oriundo dos impostos; violência; etc. Precisamos estar atentos para não virarmos massa de manobra nas mãos dos membros de partidos A ou B interessados somente em trocar o poder fazendo-o voltar para suas mãos. Todos os partidos são responsáveis pelas mazelas brasileiras, a partir do momento em que utilizam os recursos da máquina pública como moeda de troca em seus acordos, fazendo da administração um meio de obter vantagens pessoais ou partidárias.
Assistam ao vídeo abaixo, e compartilhem! É muito importante divulgar a realidade em que vivem os brasileiros, para que caia por terra a fantasia de querer mostrar o que não se é, esconder a sujeira embaixo do tapete e assim, cada vez mais, empurrar a solução dos problemas fazendo com que o Brasil continue seguindo em seu eterno baile de máscaras.

Luciana G. Rugani

Uma Lição de Equilíbrio !

bicicleta-equilibrio

Eu acompanhava um amigo à banca de jornal.
Meu amigo cumprimentou o jornaleiro amavelmente, mas, como retorno, recebeu um tratamento rude e grosseiro.
Pegando o jornal que foi atirado em sua direção, meu amigo sorriu atenciosamente e desejou ao jornaleiro um bom final de semana…
Quando descíamos pela rua, perguntei:
– Ele sempre lhe trata com tanta grosseria?
– Sim, infelizmente é sempre assim.
– E você é sempre tão atencioso e amável com ele?
– Sim, sempre sou.
– Por que você é tão educado, já que ele é tão rude com você?
– Porque não quero que ele decida como eu devo agir.
– Nós somos nossos ‘próprios donos’. Não devemos nos curvar diante de qualquer vento que sopra, nem estar à mercê do mau humor, da mesquinharia, da impaciência e da raiva dos outros.
– Não são os ambientes que nos transformam e sim nós que transformamos os ambientes.

Autor Desconhecido.

LUCIANA G. RUGANI UMA DAS MAIORES CABEÇAS PENSANTE DA BLOGOSFERA DA REGIÃO DOS LAGOS LANÇA LIVROS DE POESIA E TEXTOS

                          
Uma das maiores cabeças pensante a  escritora da Blogosfera da Região dos Lagos Luciana G. Rugani, anuncia o lançamento de duas obras um livro de poesia e outro de textos intitulado “2010-2013: A TRAJETORIA DA REALIZAÇÃO DE UM SONHO” referente ao tempo que atuo ao lado do então candidato e hoje prefeito da cidade de Cabo Frio Alair Corrêa.
 
Segunda Luciana G. Rugani ambas as obras obtiveram o registro na Biblioteca Nacional e agora representam etapas devidamente finalizada.

EEEE! Valeu Lu.

OBRAS REGISTRADAS

Deu no Blog: http://www.carpediemluciana.com

OBRAS REGISTRADAS:

Minhas duas primeiras obras finalmente registradas!! Duas ideias concretizadas!!
Minhas poesias e meus textos referentes ao tempo em que atuei  ao lado do então candidato e hoje prefeito Alair Corrêa, em Cabo Frio. Ambas as obras obtiveram o registro na Biblioteca Nacional, e agora sim representam etapas devidamente finalizadas.
Agradeço a Deus essa oportunidade!!
“2010-2013: A TRAJETÓRIA DA REALIZAÇÃO DE UM SONHO”

 “MINHAS POESIAS”
 
 
Luciana G. Rugani