A Nova Era da Escravatura!

Muitos vivem em uma mentira diária e através das articulações de bastidores promovem o medo e a indignação de uma sociedade tão sofrida como a nossa.
Fiquei pasmo ao assistir ao vídeo de Rodrigo Maia na “Globo News” dizendo que todo mundo consegue trabalhar até 75, 80 anos.

(Os trabalhadores acima eram chamados de estivadores – Fonte: Internet)
Alguns políticos insensíveis trabalham sentados e o máximo de esforço que fazem é pronunciar baboseiras algumas vezes por semana, não todos os dias da semana, pois geralmente estão passeando de avião pra baixo e pra cima de nosso Brasil!
São muitas coisas que precisam ser ajustadas antes de se pensar numa Reforma da Previdência e a principal delas é pensar em uma Reforma Politica, depois vêm a Tributária e os ajustes profundos nas contas do governo.
O governo maldosamente controla grande parte da população dizendo que o servidor público é o culpado da quebra da previdência, mas, hoje em dia, quem acompanha publicações, principalmente da internet, sabe que a mídia considerada oficial já perdeu a credibilidade há muito tempo.
O que acontece atualmente com a citada reforma da previdência é que o governo quer economizar para pagamento dos juros altíssimos de uma dívida pública que nunca sofreu auditoria e consome assustadoramente 42% de toda arrecadação federal. Como pode um país sobreviver atualmente na total falta de transparência, onde, entra governo – sai governo, e nada de substancioso é modificado?
O ministro Paulo Guedes sempre fez parte do cenário financeiro e sempre viveu das articulações deste mundo fechado, onde quem consegue entrar vive somente de juros, algo que se aproxima dos modos da antiga realeza britânica.
Todos sabemos da forma de agir do sistema político que, frequentemente, rende-se ao jogo e não se esforça para segurar um pouco as rédeas da perversidade, principalmente quando falamos sobre controle de massas. Eles são estudiosos e praticantes das ideias de Nicolau Maquiavel, que conseguiu radiografar a alma das mentes controladoras e criou um compêndio que se tornou famoso e é aproveitado pela burguesia desde quando foi escrito em 1532 até os dias atuais.
A população brasileira não merece o continuísmo deste modo inapropriado de administrar o país, que só conseguiu engessar a nação em todos sentidos de progresso.
Eu acredito em nosso país, só precisamos cobrar mais dos políticos que colocamos lá, pois eles precisam nos representar e não a um sistema arbitrário e maldoso que enxerga o ser humano como um bando de escravos pagadores de impostos.
Viva o Brasil!
Hairon H. de Freitas.

A Nova face da Política

São Paulo – Manifestação na Avenida Paulista, região central da capital, contra a corrupção e pela saída da presidenta Dilma Rousseff (Rovena Rosa/Agência Brasil)


Eu participei, em 1978, quando fiz o curso de Turismo no Estadual Central – BH, da famosa Fanfarra Escolar. Saíamos de BH em quatro ou seis ônibus em direção a Ouro Preto. Era muito bom, já que esta era a praça de protestos e reivindicações. Na época existia a guarda mirim, vestiam camisa e calção brancos com detalhes vermelhos como se representassem a bandeira de Minas Gerais. Ficavam na praça dando orientações aos turistas sobre os museus, hotéis, restaurantes e igrejas.
Hoje vejo onde chegamos! Lamentavelmente aconteceu no Brasil um retrocesso enorme na educação, na moral, na segurança, enfim, em todo trato governamental. Sinto que precisamos urgentemente resgatar os valores e princípios que fundamentam a verdadeira família brasileira.
O perfil da época mostrava o povo brasileiro com essência respeitadora, moderado e geralmente não gostava de participar de política, pois achava que se contaminaria com a sujeira que a compõe. Não entendiam que a política representa o saneamento de uma nação, contudo nestes 30 anos houve um amadurecimento crítico das pessoas através do uso da internet e da queda brusca de valores que deixou a todos aturdidos por terem permitido que os medíocres assumissem o comando da nação.
Atualmente muitas pessoas estão dando opiniões e esmerando-se para entender de política. A mentalidade vem mudando drasticamente e muitos querem resgatar o que de melhor ficou nos anos 70. Viram o quanto foram inaptos diante da nação, permissíveis diante das leis e incongruentes sobre muitos assuntos.
O cenário político de hoje passa por um momento intenso, onde muitos candidatos seguiram a correnteza e continuam repetindo o mesmo lema de muito tempo, no entanto, dentre eles surgiu um que tocou toda a nação. Quase toda mídia vem agindo como fake news, mentindo descaradamente sobre as estatísticas e semeando dúvidas sobre a vida particular do mesmo, já que não encontram nenhuma denúncia de corrupção em todos anos em que esteve no cargo de deputado federal. Este candidato não contou com o dinheiro público para sua campanha, promete valorizar a polícia e tomar conta da segurança.
Fala sobre assuntos econômicos e, positivamente, devido à sua ascensão nas pesquisas, a bolsa subiu e o dólar caiu. O apoio de vários empresários vem crescendo, e ouso dizer que Jair Bolsonaro será o novo presidente do Brasil!
Hairon H. de Freitas

Existem vereadores e Vereadores

Passam os anos e ainda me surpreendo cada vez mais com as coisas que acontecem na política nacional. Uma coisa que me fez voltar a acreditar de que existe jeito de melhorar o panorama politico, além de Sérgio Moro, foram os dois Vereadores que ganharam aqui em Belo Horizonte, Mateus Simões de Almeida e Gabriel Azevedo.
Não tem um dia sequer que eles não estão comprometidos com a decência e com o respeito pelos eleitores que gritam por mudanças.
Esboço aqui a minha admiração pela capacidade técnica de fazerem o que é melhor para esta cidade tão dilapidada por políticos inescrupulosos que invadiram os gabinetes legislativos e executivos.
Nunca estive na pele de um vereador, mas todos sabem o quanto é difícil lidar com o poder numa nação que habitualmente aprendeu a ser corrupta. Não falo depreciando a nossa nação, mas falo com conhecimento do quanto já vimos na mídia e ainda continuaremos a ver por muito tempo.
A ferramenta facebook é admirável e Mateus e Gabriel estão lá:
https://www.facebook.com/mateussimoesdealmeida/
https://www.facebook.com/gabriel.azevedo/

Hairon H. de Freitas