A Escolha é Nossa.

Muita coisa faz doer, pode ser um machucado no dedo ou pior, além de doer, também angustiar.

A angústia é temida pelos homens mais fortes e sábios, pois ela nasce quando infringimos as leis eternas, que estão escritas na alma. Pode também estar relacionada com as perdas derivadas do amor, ente querido ou bem material, ser herdada pela genética ou aprendida no ambiente familiar ou social, enfim são muitos fatores que afetam e provocam o desenvolvimento da angústia.

O dia a dia torna-se um atropelo só. Ficamos contundidos e esfarrapados e quanto mais gritamos, mais nos atribulamos e nos enroscamos. Parece que adentramos num giro sem fim que se repete dia a dia, hora a hora.

Sentimos a dor no peito provocada por uma pressão invisível que cria vida e forma no decorrer do dia. À noite, ao dormir, nos sentimos cansados e geralmente dormimos quase desmaiados, quando não à custa de medicamentos.

No sofrimento da alma brota o sentimento que entende pouco a pouco que a mesma errou em algum momento.

Ela angustia e chora;

Ela se rebela tentando justificar-se;

Ela diz asneiras e coisas incoerentes;

Ela vive e não sente e se atormenta com o que não entende.

Ela não tem paciência e sente muita irritação com o que a contraria.

Mas, existe uma saída para quem estiver disposto.

Parece um paradoxo, mas este é o início de uma cura real e sistêmica.

O sistema que precisamos adotar para a cura deste mal que aflige a humanidade é o amor.

Precisamos reconhecer os nossos sentimentos que trabalham em parceria com os nossos pensamentos.

No momento em que tivermos o início de uma disciplina que nos permita parar e dizer: sim cheguei em meu momento, vou partir deste ponto para a procura do amor que está em mim. Vou valorizar o que Deus criou. Vou procurar o amor como se procura uma agulha num palheiro, acreditando que sendo Deus um ser perfeito e que me criou, ele não faltaria à minha iniciativa de amar.

Vou acreditar nas possibilidades do crescimento como ser humano, me desvinculando deste sentimento mórbido que agride meu peito.

Vou colocar crédito nas coisas que gosto e tenho talento para realizar.

Vou acreditar que se posso cultivar uma plantinha num vaso, (vou fazer).

Vou acreditar que se posso dirigir bem o meu automóvel, vou dirigir.

Vou fazer o meu melhor, vou levantar sentindo a mão de Deus me erguendo, me retirando desta postura inadequada que eu mesmo busquei através de meus atos ignorantes.

É notável a força que todos possuímos n’alma;

É quase inacreditável a força que uma pessoa faz para sair desta areia movediça.

Mas para a vontade, quando decidimos, nada mais trava e a nosso reerguimento é inevitável.

Existem caminhos e mais caminhos que podemos trilhar, mas todos eles deverão levar ao amor.

O primeiro deles é acreditar em sua possibilidade de realização como ser divino.

É preciso desenvolver o hábito de olhar pra dentro;

É preciso adquirir o hábito de refletir;

É importante de realizar projetos (inicie com pequenos projetos, como: lavar pratos, lavar banheiro ou escrever uma carta). Dentro desta importância coloquemos como fator determinante o de não deixar no meio do caminho o que foi proposto realizar.

É bom evitar projetos megalomaníacos ou de duração prolongada.

Iniciar com os pés no chão é uma forma prática de verificar o andamento das coisas e a certeza de que foi tomada a medida certa com equilibro e maior sanidade.

Ler bons livros é de fundamental importância;

Ouvir boas músicas e praticar esportes é muito adequado.

Gente, precisamos colocar as mãos nas rédeas de nosso destino e a cabeça nos sentimentos mais elevados.

Quem permite que pensamentos negativos norteiem seu destino não consegue permanecer no equilíbrio.

Fica sempre pisando em chão escorregadio. À medida que os pensamentos inadequados se avolumam o lodo aumenta e o perigo da queda é iminente.

Finalmente a oração. Esta, dentre todas as medidas, é a mais relevante. É de onde fazemos nossa ligação com o espiritual, com o divino que determina a cura real.

O processo é lento, mas só existe um caminho: o do reerguimento.

Saberemos que devemos estar na vigilância constante e deste momento pra frente não mais ficaremos iludidos, acreditando que o mundo real é aquele que criamos em nossa mente desequilibrada.

Acredite em si mesmo.

Dê uma chance de ser cada dia uma pessoa mais equilibrada e amorosa.

Muita Paz!

Hairon H. de Freitas

Anúncios

Um pensamento sobre “A Escolha é Nossa.

  1. AS PESSOAS ESTÃO PREOCUPADAS EM POSSUIR,TER UMA VIDA MAIS SIMPLES E MAIS PRÓXIMA DE DEUS,TUDO FICA MAIS LEVE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s