Novo ano, novas mudanças!


Novo ano está chegando, ele vem carregado com mudanças.
Eu particularmente acredito que na maior parte das vezes nós não aceitamos bem as mudanças, mas acredito também que todas elas são próprias de uma força infinitamente superior que nos conclama ao caminho da “Retidão”. Caminho este que deveríamos trilhar normalmente, sem desvios ou atalhos.
Estas mudanças podem ser: mais um desempregado ou um novo profissional que se formou, uma pessoa que perde um ente querido, ou mais um bebê que nasce, uma pessoa que adoece ou uma que se cura, uma pessoa que perde a fé ou uma que descobre o evangelho.
Estamos constantemente passando por mudanças em nossa vida e algumas delas nos desequilibram e as vezes precisamos buscar um profissional da saúde para mantermos o nosso equilíbrio.
Acredito também que somos construtores de nosso próprio futuro, já que podemos determinar as nossas ações com base nos nossos desejos.
Desejar é algo importante para construirmos, mas desejar o bem é o melhor, já que podemos encontrar situações difíceis e complicadas em nosso próprio futuro.
Com tudo isso sempre poderemos fazer o melhor, como: perdoar, amar, estudar, disciplinar nossas tendências, vigiar nossas ações e orar.
Quando entendemos um pouco sobre as Leis de Deus já temos base para auscultarmos o nosso futuro, como fazem os profetas. Eles vêem o que pode acontecer caso não haja uma mudança significativa no momento presente.
Todos podemos ser mais e melhor, basta que valorizemos as pessoas honestas, leais e que entendem a fragilidade de uma pessoa ou amigo que ainda está no caminho da ignorância.
Aproveito neste dia para agradecer aos amigos e a todos que me ajudaram em minha caminhada.
Com Amor Lú e todos familiares.
Feliz 2018!
Hairon H. de Freitas

Anúncios

Quer viver mais? Coma menos – Deu na Veja:

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade do Sul da Califórnia mostrou que cortar entre 34% e 54% das calorias consumidas normalmente ajuda a retardar o envelhecimento.

casal-de-idosos-20142102-original

Seguir ocasionalmente uma dieta de baixa caloria que imita o jejum mostrou-se efetivo reduzir os fatores de risco relacionados ao envelhecimento, diabetes, doenças cardiovasculares e câncer
Seguir ocasionalmente uma dieta de baixa caloria que imita o jejum mostrou-se efetivo reduzir os fatores de risco relacionados ao envelhecimento, diabetes, doenças cardiovasculares e câncer
Comer menos pode ajudar a viver mais. É o que diz um estudo publicado recentemente no periódico científico Cell Metabolis. No trabalho, os pesquisadores observaram o impacto do chamado “quase jejum” sobre o envelhecimento. Os resultados mostraram que cortar calorias ocasionalmente melhora a saúde, principalmente em aspectos que tendem a piorar com a idade. A dieta fortalece o sistema imunológico, o sistema nervoso, reduzindo, assim, os fatores de risco para várias doenças, incluindo o câncer.

Os participantes se submeteram a ciclos de cinco dias de restrição calórica por mês, durante três meses. A dieta dos dias de jejum continha entre 34% e 54% das calorias consumidas normalmente. Isso corresponde a cerca de 750 e 1050 calorias diárias. Tal comportamento alimentar reduziu a quantidade do hormônio de crescimento IGF-1 que, embora seja importante para o desenvolvimento, pode estimular o envelhecimento.

“Muitos podem se benerficiar com essa dieta, não só obesos”, disse Valter Longo, principal autor do estudo e diretor do Instituto de Longevidade Universidade do Sul da Califórnia, à revista Time. Pessoas com glicemia de jejum elevada e um histórico familiar de câncer, por exemplo.

Os autores ressaltam a importância de consultar um médico ou um nutricionista antes de iniciar uma dieta como essa.

(Da redação)

1. Case-se

casamento-2013-28-10-original1

Casar-se, ou simplesmente ter um companheiro ao longo da vida, pode acrescentar anos à vida de uma pessoa. Um estudo feito na Universidade Duke, nos Estados Unidos, com 4 800 pessoas descobriu que adultos solteiros correm um maior risco de morte prematura e, portanto, são menos propensos a chegar à terceira idade do que aqueles que vivem com um companheiro. Na pesquisa, as pessoas que nunca haviam se casado tiveram mais do que o dobro do risco de morrer precocemente do que as que viviam com um parceiro. Essa chance foi 60% maior entre aquelas que já tinham sido casadas alguma vez na vida.

2. Beba café, mas com moderação

cafe-cha-bacteria-mrsa-20110714-original3

Ingerir três xícaras de café todos os dias é suficiente para prolongar a vida de pessoas com mais de 50 anos. Um estudo do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos descobriu que essa quantidade da bebida é capaz de reduzir em 10% o risco de mortalidade em um período de doze anos nesse público. Além disso, outras pesquisas já associaram o café à proteção contra doenças como câncer de pele e derrame. Isso não quer dizer, porém, que as pessoas devam exagerar no café: a mesma pesquisa americana encontrou uma relação entre o excesso de cafeína e um maior risco de câncer entre homens.

3. Saia do sedentarismo

exerccios-terceira-idade-54b2d488cf4a9

Muitas pesquisas já comprovaram que exercitar-se é um dos caminhos para viver mais. Um estudo dinamarquês de 2012, por exemplo, concluiu que a corrida leve pode aumentar a longevidade em até seis anos. Já uma pesquisa americana publicada no mesmo ano mostrou que atividades físicas de lazer, como caminhar ou pedalar no parque, é capaz de acrescentar até 4,5 anos na expectativa de vida de alguém. Os prejuízos do sedentarismo, no entanto, não são evitados apenas com os exercícios, mas também com a redução do tempo em que uma passa sentada em frente à televisão ou ao computador. Um estudo feito na Austrália e publicado em 2012 provou que o sedentarismo não só provoca doenças, como encurta a vida. A pesquisa avaliou 200 000 pessoas acima de 45 anos e descobriu que as que permaneciam sentadas por mais tempo tinham duas vezes mais chance de morrer em um período de três anos do que aquelas que ficavam sentadas por menos tempo ao longo do dia.

4. Inclua peixe no cardápio

salma-cru-peixe-20130103-original1

Um estudo da Universidade Harvard descobriu que pessoas com mais de 65 anos que desejam ter uma vida mais longa podem começar por incluir peixe no cardápio com maior frequência. O alimento, especialmente tipos como a sardinha, o salmão e o atum, é rico ômega-3, nutriente que já foi associado a benefícios à saúde cardiovascular. A pesquisa americana acompanhou 2 700 pessoas com 65 anos ou mais ao longo de 12 anos e concluiu que aquelas que apresentavam os maiores níveis de ômega-3 no organismo viviam, em média, 2,2 anos a mais do que quem nunca consumia o nutriente. A recomendação dos pesquisadores é o consumo de no mínimo duas porções por semana de peixes ricos em ômega-3.

5. Mesmo na velhice, adote um estilo de vida saudável

exercicio-perda-memoria-idoso-20110810-original2

Muitas pessoas podem pensar que uma maior longevidade se conquista com hábitos saudáveis seguidos ao longo da vida toda, mas uma pesquisa feita na Suécia concluiu que adotar um estilo de vida saudável já na velhice também contribui nesse sentido. O estudo analisou, ao longo de 18 anos, a sobrevivência de 1 800 idosos com mais de 75 anos e descobriu que não fumar, não beber em excesso e praticar exercícios pode aumentar em até cinco anos a longevidade, mesmo entre aqueles que têm alguma doença crônica.

6. Consuma nozes todos os dias

nozes-20120726-01-original1

Pesquisadores da Universidade Harvard chegaram à conclusão de que pessoas que comem nozes, amêndoas, castanhas, avelãs e outras oleaginosas todos os dias desfrutam de uma melhor qualidade de vida e tendem a viver por mais tempo. Em um estudo publicado em 2013, eles acompanharam cerca de 120 000 indivíduos ao longo de trinta anos e descobriram que, durante esse tempo, o risco de morrer foi 20% menor entre quem comia mais oleaginosas do que aqueles que nunca as consumiam. As oleaginosas contêm gorduras saudáveis e são ricas em fibras e proteínas, o que retarda a absorção do alimento e diminui o apetite. Por isso, seu consumo está associado a uma melhor alimentação e controle do peso, fatores benéficos à saúde em geral.

7. Coma mais vegetais e menos carne vermelha

vegetariana-20133101-original1

Um dos segredos da longevidade pode estar em seguir uma conhecida recomendação dos médicos: comer pelo menos cinco porções de frutas e vegetais todos os dias. Um estudo sueco publicado em 2013 acompanhou mais de 70 000 adultos durante 13 anos e descobriu que quem segue essa recomendação vive, em média, três anos a mais do que quem nunca consome frutas e vegetais. Além disso, segundo uma pesquisa da universidade americana Loma Linda, o risco de morte dentro de um período de seis anos chega a ser 12% menor entre vegetarianos em comparação com quem come carne. O consumo de carne vermelha por si só já foi associado a uma chance até 20% mais elevada de mortalidade. A conclusão faz parte de trabalho da Universidade Harvard publicado em 2012.

2-coma-frutas-1437605162849_615x300

Site Veja: http://veja.abril.com.br/saude/quer-viver-mais-coma-menos/

Fortalecimento da Nossa Autoestima

Recebi e resolvi compartilhar com vocês, já que são forças para fortalecimento de nossa autoestima.

JUIZ FEDERAL WILLIAN DOUGLAS ESCREVEU SOBRE O GOL MAIS BONITO DE 2015 (PRÊMIO PUSKA DA FIFA). Vale a pena ler e energizar-se para 2016.

“Não sei se todos acompanharam, eleição da Fifa do gol mais bonito de 2015.
Dentre milhares e milhares de gols pelo mundo, foram indicados 3 para final. Um gol do Messi, outro do italiano Florenzi e um do brasileiro Wendell Lira.
O curioso é que quando o brasileiro foi indicado para o premio, ele estava desempregado.
Quando ele fez o gol, ele jogava num time da 4ª divisão e no jogo deste gol, tinha pouco mais de 300 pessoas assistindo.
E foi desse galho seco sem esperança que saiu o gol mais bonito de 2015.
O que aprendi com isso é que não é a empresa que você trabalha, o cargo que você ocupa, nem a posição que você tem no momento.
Você pode até estar desempregado, parecendo esquecido, mas os propositos de Deus vão se cumprir.
Não importa as circuntâncias, nem o cenario. Você pode estar disputando com o “Messi” do seu negócio, mas você vai vencer.
Na hora eram apenas 300 pessoas assistindo, hoje milhões de pessoas sabem o nome do autor do gol mais bonito de uma entidade com mais de 209 paises membros.
Davi venceu Golias, Daniel os Leões, Jonas a Baleia e Wendell o Messi.
Por que você pensa que na sua vez será diferente?
Não existem Gigantes perante a Deus em 2016 acredite mais em você!”
thWKPVHL1D

O EFEITO DA CÓLERA – Meimei

 

 

downloadçççç

Era uma vez um velho judeu, de alma torturada por pesados remorsos, que chegou certo dia, aos pés de Jesus, e confessou-lhe estranhos pecados.
Contou ele que usou da autoridade que tinha no passado, expulsando vários amigos de suas terras e bens, levando-os à ruína total. Com maldade premeditada, semeou em muitos corações o desespero, a aflição e a morte.
Por isso, achava-se, desse modo, enfermo, aflito e perturbado . . . Médicos não lhe solucionavam os problemas, cujas raízes se perdiam nos profundos labirintos da consciência.
O Mestre Divino, porém, ali mesmo, na casa de Simão Pedro, onde se encontrava, orou pelo doente e, em seguida, lhe disse:
– Vai em paz e não peques mais.
O ancião notou que uma onda de vida nova lhe penetrara o corpo, sentiu-se curado, e saiu, rendendo graças a Deus.
Parecia plenamente feliz, quando, ao atravessar a rua, um pobre mendigo, sem querer, pisou-lhe num dos calos que trazia nos pés.
O enfermo restaurado soltou um grito terrível e atacou o mendigo a bengaladas.
Jesus veio à rua apaziguar os ânimos. Contemplando a vítima em sangue, aproximou-se do ofensor e falou:
– Depois de receber o perdão, em nome de Deus, para tantas faltas, não pudestes desculpar a ligeira precipitação de um companheiro mais desventurado que tu?
O velho judeu, agora muito pálido, pôs as mãos sobre o peito e falou para o Cristo:
– Mestre, socorre-me! . . . Sinto-me desfalecer de novo . . . Que será isso?
Jesus, respondeu muito triste:
– Isso, meu irmão, é o ódio e a cólera que outra vez chamaste ao próprio coração. Por falta de paciência e de amor, muitos adquirem amargura, perturbação e enfermidade.

Nossos Sentimentos.

sentimentos

 

Sentimento, este é o nosso modo de vida, a nossa estratégia para alcançarmos algo que nos falta, algo novo que pode acontecer e que todos nós precisamos apreciar e habituarmo-nos a conter em nosso âmago.
O sentimento cresce para o bem quando nos determinamos a não esmorecer diante das limitações e dificuldades da vida, principalmente quando localizamos a nossa revolta e a nossa falta de compreensão para com as contingências usuais, determinadas por nossa própria maneira de viver.
O Sentimento é a nossa própria oportunidade para o controle total sobre os nossos pensamentos mais secretos, aqueles que vivem em nós e que fazem parte de nosso orbe, podendo ser um temor, uma angustia, uma alegria ou uma realização prazerosa.
Tudo isto nos dá forças ou mina toda a nossa energia, dependendo do caminho que seguimos e dos objetivos que almejamos.
Fato é que o controle está em nossas mãos e Deus está nos amando do mesmo jeito, apesar de, às vezes, as nossas escolhas serem impróprias para um futuro sadio.
Buscando novos pensamentos e imaginando: a benção dos anjos juntamente com a beleza das flores, dos raios do sol ao amanhecer, irradiante e magnífico. Sentindo o ar que penetra nossos pulmões renovando e oxigenando nosso sangue que é vida.
É este hábito que passamos aqui a apreciar e a fortalecer, pois ele vai nos propiciar um novo campo onde a grama se encontrará verde e orvalhosa.
Com certeza depende de nós buscarmos o melhor em nós mesmos e para isto podemos contar com as boas lições que o mestre deixou no sermão da montanha.
Muita Paz!
Hairon H. de Freitas.

VENCERÁS

liberdade

 

 

 

 

–Francisco C.  Xavier e Emmanuel – Livro: “Astronautas do além”
Não desanimes. Persiste mais um tanto.
Não cultives pessimismo. Centraliza-te no bem a fazer.
Esquece as sugestões do medo destrutivo. Segue adiante, mesmo varando a sombra dos próprios erros. Avança ainda que seja por entre lágrimas.
Trabalha constantemente. Edifica sempre.
Não consinta que o gelo do desencanto te entorpeça o coração.
Não te impressiones nas dificuldades.
Convence-te de que a vitória espiritual é construção para o dia-a-dia.
Não desistas da paciência. Não creias em realizações sem esforço.
Silêncio para a injúria. Olvido para o mal. Perdão às ofensas.
Recorda que os agressores são doentes.
Não permita que os irmãos desequilibrados te destruam o trabalho ou te apague a esperança.
Não menosprezes o dever que a consciência te impõe.
Se te enganaste em algum trecho do caminho, reajusta a própria visão e procura o rumo certo. Não contes vantagens nem fracassos. Não dramatizes provações ou problemas.
Conserva o hábito da oração para quem se te faz a luz na vida intima. Resguarda-te em Deus e persevera no trabalho que Deus te confiou.
Ama sempre, fazendo pelos outros o melhor que possas realizar.
Age auxiliando. Serve sem apego. E assim vencerás.